sábado, 30 de julho de 2011

* Conheça o Recife - Circuito Influência Inglesa no Recife

Bora simbora passear pelo Recife e conhecer mais história???
Então vamos a mais um Projeto Conheça o Recife.
E hoje será sobre a influência inglesa no Recife.

Foto da net
Com a abertura dos portos na cidade do Recife, os ingleses começaram a chegar. A cidade começou a se expandir rapidamente.
Mas queriam uma condição para virem pra cá, seria a construção do cemitério dos ingleses.
Por que????
Porque na época os cemitérios daqui só enterravam católicos e os ingleses eram de religião anglicana. Por isso a exigência da construção.

O passeio de hoje começou pelo Cemitério dos Ingleses (passaram tão rápido pela porta do cemitério que não deu nem pra tirar uma foto da entrada. Eu ia tirar foto só da entrada!! rsrs)

Foto da net
Uma curiosidade: apenas UM pernambucano é enterrado neste cemitério. É o General Abreu e Lima.
Porque?? Ele ajudou a Simón Bolivar a libertar a Venezuela e quando o General Abreu e Lima foi proibido de ser enterrado no Cemitério de Santo Amaro, Bolivar exigiu que fosse no Cemitério dos Ingleses.
(Não é por nada não, mas eu não entendi nada dessa parte da história. O que tem a ver libertação da Venezuela, com os ingleses, com o cemitério, etc, etc .... mas como isso não é um blog de pesquisas, passemos esta parte!!)
Detalhe: os portões de ferro do cemitério são de uma fundição pertencentes a ingleses, a Fundição D'Aurora. Portão datado em 1852.
... você sabia que na época foi baixada uma lei que obrigava as pessoas a trocarem as sacadas de suas casas de madeira pelas de ferro?? Se repararem nas casas antigas, principalmente em Olinda, as sacadas são todas de ferro. O introdução do ferro na cidade foi feita pelos ingleses, isso no século 19.

Com a chegada dos ingleses, que era um expressiva colônia por aqui, os bairros da cidade foram se expandindo. Foram "entrando". Pois a cidade se resumia apenas perto dos portos.
E os ingleses trouxeram para cá a criação de casas com quintal, espaço, etc. Pois como as casa eram apenas nas Ilha do Recife, Ilha de Santo Antônio e Ilha da Boa Vista (as 3 ilhas da cidade), as casas eram porta e calçada. E nos bairros afastados se fixavam nos novos terrenos os casarios, os palacetes (alguns ainda existentes nos bairros de Casa Forte, Poço da Panela, Parnamirim, zona norte do Recife).
(viva os ingleses, nada como uma casa com quintal!)

Outra influência inglesa??
As estações ferroviarias. Até então, por aqui os meios de transportes eram carroças, carruagens, barcaças. E com a vinda deles pra cá, Recife foi a 1ª cidade a ter transporte coletivo em trilho ... os bondes!!

Este bonde elétrico fez o trajeto "Boa Vista-Madalena" até 1954.
E hoje está exposto no Museu do homem do Nordeste.

Olha que coisa mais linda!!!!
Esta é a Estação de Ponte d'Uchoa
Foto da net
Por que Ponte d'Uchoa??
Porque um dono de terras chamado Antônio Borges Uchoa, construiu uma ponte atravessando o rio Capibaribe pra ter acesso mais fácil a seus parentes. Então a localidade ganhou este nome e quando foi contruida uma estação aqui, recebeu o mesmo nome.
E até 2003 era uma parada de ônibus, mas foi transferida por causa do trânsito.
... você sabia que antes dessa história toda da chegada dos bondes, por aqui tinha estação de burros?? (rsrs)
Os transportes eram bondinhos puxados por burros. E nas estações eram trocados os animais cansados! Foi quando chegou a energia elétrica e com ela estes bondes elétricos!

... você sabia que a palavra FORRÓ também é de influência inglesa??  Quando os ingleses terminaram uma estação ferroviária fizeram um grande baile pra comemorar  e escreveram na placa FOR ALL (para todos), e assim a palavra foi se modificando e se pernambucalizando!!

Futebol! Vamos falar de futebol. Falar da criação de 2 times pernambucanos:
Náutico: Funcionários de bancos ingleses costumavam jogar futebol. E acabaram fundando um clube para se ter onde jogar. Fundaram o Clube Náutico Capibaribe.
Porém, colocaram numa cláusula que poderiam frequentar o clube, apenas os brancos. E nada de pobres e negros!!
Sport: Um belo dia, um pernambucano que estudou na Inglaterra, volta ao Recife e sabe disso. Funda um clube que pode ser frequentado por brancos, negros, pobres. Fundou o Clube Sport do Recife. (fiquei com uma dúvida, não perguntei e não achei na internet. Alguém sabe: Se este estudante de nome Guilherme de Aquino Fonseca era negro. Era????)
(Fatos comprovados por documentos.)


Por falar em esportes, vamos jogar golfe??
Eu joguei golfe e descobri que nasci pra isso!!
Caxangá Golf Clube
Funcionários de dois bancos ingleses, apaixonados por golfe, pegaram no banco um terreno hipotecado e transformaram num lugar pra jogar golfe, lá pelo lado do Derby. E anos depois, após a guerra, fundaram também o Caxangá Golf club.



O ponto de partida das tacadas


Primeiro, vamos às aulas!


 Prestençããããoo ..




Aprendeu??

Como aprendi tudinho, chegou a minha vez!! Mostrarei que nasci pra jogar golfe! Já saí do clube com a matrícula pronta para o curso. Descobri minha vocação!!

Que pose, que classe, que concentração .... pááááára tudo!!! Tudo papo furado. Eu bem que queria dizer aqui que joguei muito golfe, que fiz bonito, que arrasei .... tudo mentira!!
Sabe que meu blog é feito de fotos. E as fotos não mentem. Veja só o vexame!! kkkkkkkkkkkkk ...
Na primeira tacada o taco vazou!

Tentei de novo e nada!! Que decepção!! kkkk

E finalmente quando consigo, repare pra onde eu estou olhando: para baixo!! kkkk ... A bola nem subiu!! Melhor, a bola nem nada!! kkkkkkkkk ...

Desisto! Não deu certo .... pensando bem, será que tenho dom pra equitação????
Vou tentar!









A placa me chama!
Fuiiiii .....





 (Aqui, os 21 passeios que eu fiz pelo Projeto Conheça o Recife)

Veja aqui - Circuito do Artista Plástico - Parque D. Lindu e Museu do Estado
Veja aqui - Circuito Ilhas do Recife - Igreja Madre de Deus e Casa da Cultura
Veja aqui - Circuito Casa Forte - Museu do Homem do Nordeste
Veja aqui - Circuito Várzea - Instituto Ricardo Brennand
Veja aqui - Circuito Derby - Praça do Derby e Igreja de Santo Antônio
Veja aqui - Circuito dos Fortes - Forte do Brum e Sítio da Trindade
Veja aqui - Circuito Brasil Holandês - Praça de Casa Forte e Monte dos Guararapes
Veja aqui - Circuito Poço da Panela - Museu Murillo La Greca e Poço da Panela
Veja aqui - Circuito Ares Franceses na cidade- Teatro de Santa Isabel e Mercado de São José
10 Veja aqui - Circuito Influência Inglesa no Recife - Cemitério dos ingleses e Caxangá Golf Clube
11 Veja aqui - Circuito Apipucos - Casa/Museu Gilberto Freyre
12 Veja aqui - Circuito do Carnaval - Sede do Galo da Madrugada, Exposição de Estandartes de Maracatu, Escola de Samba Gigante do Samba e Encontro de Blocos Líricos. 
13 Veja aqui - Circuito Bairro do Pina -Igreja Nossa Senhora do Rosário, Teatro Barreto Junior e Aeroclube de Pernambuco
14 Veja aqui - Circuito dos Pátios - Pátio do Sebo, Pátio do Carmo, Pátio de São Pedro e Pátio de Santa Cruz. 
15 Veja aqui - Circuito da Várzea - Oficina Brennand, Igreja Nossa Senhora do Rosário, Igreja do Livramento.
16 Veja aqui - Circuito Iputinga - Igreja Nossa Senhora da Conceição, Espaço cultural da Moeda, Casarão do Barbalho, Ateliê de Val Bonfim e Atelier de Corbiniano.
17 Veja aqui - Circuito Zona Norte - Pedalando
18 Veja aqui - Circuito Imbiribeira - Pedalando
19 Veja aqui - Circuito Cinema e Arte - Cinema São Luiz
20 Veja aqui - Circuito Recife Década de 40 - Museu da Cidade do Recife
21 Veja aqui - Circuito Samba e Maracatu - Escola de Samba Gigante do Samba, Maracatu Estrela Brilhante

BannerFans.com